Estados Unidos: Paciente é infectada por HIV após cirurgia de rins

Em Nova York uma paciente que foi submetida à cirurgia para um transplante de rim de um doador vivo, foi contaminada pelo vírus da aids. 
Por tratar-se de um caso raro, as autoridades de saúde americanas foram obrigadas a tomar medidas preventivas para evitar situações desse tipo. Após exames realizados no doador, descobriu-se que o mesmo contraiu HIV entre os dias dos primeiros exames a que foi submetido para verificação de compatibilidade e o dia da doação, mais ou menos dois meses e meio.
Com o ocorrido o centro de controle e prevenção de doenças dos Estados Unidos (CDC), recomenda que o tempo seja reduzido a uma semana antes da cirurgia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *