Deputada quer proibir kit anti homofobia em escolas do Paraná

A orientação sexual deve ser dado pela família, sem que o professor possa intervir na formação intelectual da criança.

A deputada estadual e cantora Mara Lima (PSDB), protocolou e apresentou em Plenário da Assembleia Legislativa do Paraná, Projeto de Lei que proíbe a distribuição nas escolas públicas do Estado o Kit Contra a Homofobia, que está sendo criado para distribuição na rede escolar. Ela é cuidadosa ao defender ações que exerçam influência na comunicação ou na formação do povo paranaense.

“Estou propondo a aprovação de um projeto de lei que proíbe a distribuição de um chamado “kit contra a homofobia” nas escolas públicas do Estado do Paraná, por considerar que a cartilha com vídeos e outros materiais foram produzidos por uma ONG (ECOS Comunicação em Sexualidade) que não dispõe de qualquer ligação legal para produzir material didático-pedagógico para as nossas escolas”, justifica a parlamentar.

Além disso, a deputada observa que o material está sendo confeccionado com recursos do erário, portanto, com dinheiro público (recursos do FNDE – Fundo Nacional do Desenvolvimento Educacional).

Para Mara, o ensino de postura ou orientação sexual deve ser dado pela família, sem que professor, pedagogo ou orientador possa intervir na formação intelectual da criança.

Fonte: Portal Bonde.

2 thoughts on “Deputada quer proibir kit anti homofobia em escolas do Paraná

  1. A Deputada não entendeu que o objetivo do kit não é "ensinar" alguma orientação sexual, e sim, ensinar aos alunos a respeitar o coleguinha independente de suas atitudes e escolhas. Acho que ninguém deve se esquivar de ensinar, seja os educadores ou a família. Educação nunca é demais!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *