Blog americano Born This Way ganha versão brasileira

Born This Way não é só o nome do novo hit da cantora pop sensação do momento Lady Gaga, é também um um blog americano que traz fotos do público LGBT quando crianças. A novidade nisso é que as fotos retratam a época em que os usuário do blog descobriram-se gays.

O criador do espaço intenético Paul V. disse que quando iniciou seu blog, cerca de um mês antes do lançamento do single da Lady Gaga, buscou a mensagem de auto-aceitação o mesmo que diz a música. “Eu sabia que a mensagem ia ser a de auto-aceitação, o amor a si mesmo, acreditar em si mesmo”, diz Paul.

Paulo V. diz que a elaboração do projeto tinha como objetivo um pequeno livro de fotos e histórias, mas o número crescente de suicídios cometidos por adolescentes gays no ultimo ano nos Estados Unidos exigiu uma produção mais rápida, que tivesse impacto mundial, e nada melhor que a criação de um blog abordando o tema.

Desde o lançamento em 09 de janeiro, deste ano Born This Way tem quase dois milhões de visitas e dezenas de posts. O criador do site relata que recebe em torno de 10 e-mails por dia de novos usuários querendo mostrar suas lindas carinhas de bebê. Enquanto não há regras quanto a quem pode postar ou o que eles podem apresentar, ele diz que prefere ter histórias de pessoas nascidas antes do ano 2000. “Quero me concentrar na pré-Will & Grace, pré-Ellen”, explicou. “A experiência de um garoto gay de hoje é muito diferente do que era há 15 anos ou 20 anos atrás. Muitas das pessoas interessadas em fazer parte do blog cresceram na década de 1960, 70, ou mesmo antes. Mas nem tudo são flores, o blog também recebe muitas críticas por encorajar os estereótipos, já que muitas fotos apresentam meninos atuando como meninas. No entanto a repostas vem na ponta da língua de seu criador: “Eu só posso postar o que eu recebo. Eu simplesmente posto as fotos em que as pessoas se sentem felizes em monstra-se”. Ainda assim talvez a maior polêmica de Born This Way é mesmo o título já que enquanto a mensagem que o blog tenta promover é que os gays nascem gays, nem todos acreditam que é o caso. Paulo V. acredita no título “Eu pessoalmente acredito que a sexualidade não é uma escolha para ninguém. Eu acho que é como os genes que nos fazem ser altos ou ter olhos azuis ou sermos canhotos “, explicou.

Versão brasileira
Por aqui a versão brasileira ganhou vida e tomou forma há pouco tempo, inspirado no blog original, como eles mesmos dizem “Inspirado pelo título do novo album da Lady Gaga e por um site gringo que faz o que a gente vai fazer (Born This Way – Blog USA – http://www.BornThisWayBlog.com)”

Rafael, Ozinho e Átila são os criadores do blog brasileiro que tem um objetivo bem simples: contar a vida dos leitores – quem quiser participar é só mandar um e-mail para os guris com algumas informações (aqui) – a partir do envio da foto, os leitores então contam sua história de vida uma mini bio, onde pode ser incluída a historinha da saída do armário e ainda o “primeiro crush” (primeiro amor platônico por uma pessoa famosa). É diversão e identificação garantidas nas bios.


Dentre tantas escolhemos a do próprio Átila Rithiery (um dos criadores) na foto divulgada no blog, Rithiery conta que estava em um passeio com a tia, a primeira a saber da sua orientação sexual quando ele tinha 18 anos, a foto é fofa “nela eu faço pose com os óculos dela, e não fica difícil perceber que eu já tendia pro lado rosa da Força” diz Átila. Ele conta ainda que seu primeiro crush foi o Celso Portiolli que na época apresentava o programa Passa ou Repassa no SBT.

Para acessar o blog clique aqui.

One thought on “Blog americano Born This Way ganha versão brasileira

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *