Em Moscou Gay Pride teve comemoração prematura

As autoridades da capital russa replicaram ontem ao comunicado dos organizadores da manifestação LGBT.

Largamente espalhado pela imprensa internacional, o comunicado do site Gayrussia se felicitando de ter obtido um sinal verde da prefeitura para a organização de uma reunião gay e lésbica em 28 de maio próximo foi posta em questão, por um desmentido das autoridades.

A municipalidade anunciou que ela estava ainda estudando a demanda de autorização deposta pelo grupo LGBT do muito midiático Nikolai Alekseev, e que ela reservava sua resposta.
Após cinco Gay prides interditadas e violetamente reprimidas pela polícia, Gayrussia havia afirmado ter recebido uma autorização para uma manifestação de 500 pessoas na praça Bolotnaïa.

Fonte: Fungues 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *