Facebook em favor de LGBTs

Mais uma morte causada por cyber bullying nos EUA. Um adolescente de apenas 14 anos se suicidou após receber mensagens ofensivas através da rede social Facebook. A morte ocorreu em Nova York, no dia 18 de janeiro, na semana anterior à morte havia ocorrido o mesmo fato, um colega de escola do adolescente cometeu suicídio pelo mesmo motivo, agressão online motivada por homofobia.

Desde de setembro passado foram contabilizados seis casos de suicídio por conta de cyber bullying. Visto isso Hillary Clinto, Secretaria de Estado dos EUA e Obama, presidente do país manifestaram-se na campanha “It gest better”, leia mais sobre o campanha clicando aqui.

O mais bacana disso foi que o Facebook soltou uma nota para comuniar seu apoio à comunidade LGBT: “Encorajamos os que encontram mensagens no Facebook a sempre nos avisarem. É importante que trabalhemos todos juntos para cessar as mortes e dar esperança aos adolescentes que possam necessitar ajuda”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *