Exposição faz panorama da arte contemporânea do Peru

Quem for a São Paulo não deve perder a oportunidade de conhecer a “Arte al Paso”, uma exposição que reúne obras produzidas entre 1960 e 2011, da Coleção de Arte Contemporânea do Museo de Arte de Lima (Mali), do Peru que se refere a uma ação artística sobre o espaço urbano com o intuito de causar uma reflexão sobre as desigualdades na sociedade peruana e que foi concebida pelo coletivo E.P.S. Huayco (formado por Francisco Mariotti, Luy Maria, Rosario Noriega, Herbert Rodríguez, Juan Javier Salazar, Williams Armando, Zevallos Mariela) em 1980.
Os artistas reuniram cerca de 100 obras entre vídeos, fotografias, esculturas, pinturas e instalações de 36 artistas que têm como foco o protesto político-social sob a ótica de artistas contemporâneos do Peru.
Pela primeira vez no Brasil, a mostra MALI que está em exposição na Pinacoteca do Estado de São Paulo, fica até o dia 31 de julho. Os principais temas são o êxodo rural, a violência urbana e a falta de instituições culturais. Segundo a curadora, a exposição tem como objetivo atingir o público de forma que ele pense e reflita sobre os temas e não somente observe as obras.
A Pinacoteca está localizada na Praça da Luz, nº2
Por Alexandre Böer, com contribuições da Folha de S.Paulo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *