Pilobolus virá a Porto Alegre

Uma das principais tendências da dança contemporânea hoje é a união da leveza da dança com a força de atividades acrobáticas. Isso talvez não existisse não fosse pelo Pilobolus, companhia norte-americana que surpreendeu o mundo quando juntou no palco pela primeira vez estas duas vertentes de movimento do corpo humano.

Hoje pode até parecer comum, mas, há 40 anos, quando a companhia foi fundada, era uma revolução, um terremoto que sacudiu e mudou para sempre o cenário da dança moderna mundial.

Atualmente muitas companhias usam essa técnica, mas poucas ainda o fazem de forma tão original ou inovadora quanto o Pilobolus Dance Theatre, que celebra este ano seus 40 anos de fundação. Fundada por Moses Pendleton (que mais tarde criaria também o Momix) e Jonatham Wolken, o Pilobolus foi ainda o primeiro grupo moderno a se valer de detalhes como a improvisação cênica e muitos efeitos visuais cenográficos e de luz, apresentando ao público coreografias abstratas, muito diferentes dos então padrões tradicionais da dança.

No final deste mês, dois anos após sua última passagem pelo país, a companhia está de volta ao Brasil, com Metamorphosis, um programa que reúne cinco coreografias. Eles se apresentam nos dias 24 e 25 de maio no Teatro Bradesco, em São Paulo; dia 29 de maio no Teatro Claudio Santoro, em Brasília; dia 31 de maio no Palácio das Artes, em Belo Horizonte; dias 01 e 02 de junho no Theatro Municipal do Rio de Janeiro; e dia 04 de junho no Teatro do Bourbon Country, em Porto Alegre.

A apresentação é uma produção da Dell´Arte Soluções Culturais (www.dellarte.com.br), com patrocínio nacional da Cielo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *